segunda-feira, 11 de abril de 2011

Gamefobia – Como Ignorar Mazelas Sociais e a Pequenez Humana

Post original por kaotokio

Esta semana assistimos todos, estupefatos e comovidos, ao drama inesperado ocorrido em uma escola carioca. Vidas inocentes pagando pela paranóia de um homem destituído de valores sociais, que resolveu aplacar a própria angústia de forma criminosa e doentia.
O drama, por si só, já seria o suficiente para calar a sociedade em respeito àqueles que dolorosamente se foram e permitir-nos, talvez neste breve tempo de reflexão, analisar os motivos que levaram tal indivíduo a cometer tamanha atrocidade; sem falsos prognósticos e sem temer admitirmos que estamos longe de criar um ambiente de iguais condições e oportunidades para todos.
Infelizmente, como tem sido praxe em situações semelhantes de horror, a mídia apressa-se a buscar culpados antes de cumprir o papel que a sociedade lhe outorga, investigando criteriosamente informações, antes de lançar bravatas.
Desta vez, o jornal “O Globo” adiantou-se, desenterrando, mais uma vez, o estigma de corruptor de menores que há tanto tempo persegue as mídias de entretenimento digital. Um discurso batido e controverso, mas que rende audiência gratuita e garantida ao veículo.

Para ler o resto da matéria, clique aqui

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contador