terça-feira, 13 de maio de 2014

Constantine: primeiras impressões

Bem para começar não tem como não falar do visual, que ficou muito fiel ao bom e velho John das Hqs, até o sotaque inglês está e o "bollocks", menos o cigarro, ah o cigarro, porque não colocaram o maldito cigarro?! Bem por causa da censura e passar num canal aberto e tudo mais, provavelmente não veremos essa marca característica de Constantine, o que colocaria em risco até o mais famoso arco, Hábitos

Perigosos ser adaptado para a série. O enredo: parece levemente parecido com o do filme, até a atriz lembra a Rachel Weisz quando fez o longa. Corta para mais cenas acontecendo e aparece alguem mexendo um num rádio o que dá pra entender que seja o Chas, e na cena seguinte ele é atravessado por um fio de alta tensão?! Perái, já vão matar o maior parceiro de John? Espero que não seja verdade isso, pois jogaria fora um bom personagem logo de cara. Um outro detalhe é que as Hq's Hellblazer não são mais publicadas, com os Novos 52 da DC, limaram o Constantine da Vertigo e deixaram apenas a versão do Universo 52, onde ele é muito mais mágico e menos sombrio, agora depende de como a série vai levar, se vai basear mais na versão da Vertigo ( o que duvido, devido a emissora, faixa etária, etc, etc, etc), a versão do Universo 52, ou uma amálgama dos dois e achar um equilíbrio. O fato é que, os fãs de Constantine o conheceram na Vertigo e vão querer ver essa versão, afinal são 30 anos de personagem e todas suas boas histórias estão na Vertigo. Por isso todo o estardalhaço por causa do cigarro. Poderia entrar na questão da comparação com Supernatural, mas Constantine existe muito antes, então já está claro quem é cópia de quem Mas ainda é cedo para saber o quão fiel será essa série. A primeira impressão foi muito boa, estou na expectativa de ver coisa boa

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contador