segunda-feira, 8 de dezembro de 2014

Um tour para Lá e de Volta Outra Vez - Parte II

Continuando a percorrer o caminho que Frodo fez, chegamos agora na Terra dos Buques, terra de Merry, e onde Frodo ficou por algum tempo antes de seguir viagem para Bree através da Floresta Velha.


 A Terra dos Buques, ou Buqueburgo é um local colonizados por Hobbits, mas que não faz parte do Condado. Geralmente esses hobbits não são bem visto pelos seus vizinhos, já que são conhecidos por gostarem de se afastar da vida tranquila de um hobbit, indo até mesmo a cidade de Bree.



O plano inicial dos hobbits era pegar um atalho pela Floresta Velha, que fica ao lado da cidade. Estariam fora da estrada, sem perigo de encontrar os Cavaleiros Negrose seria um jeito rápido de chegar em Bree, mas nada saiu como o planejado.
Os hobbits dizem que as arvores estão acordadas e sempre vigiando quem anda por ela. Talvez seja um remanescente de uma parte de Fangorn de tempos antigos, na época em que os elfos despertaram as árvores, mas essa história se perdeu. Não há ents nessa floresta, mas há uma grande árvore chamada de Velho Salgueiro-homem que é o mais próximo do que vimos em Fangorn. Essa árvore quase colocou fim a vida dos hobbits, enrolando-os em suas raízes, até que Tom Bombadil os salvou. Uma curiosidade: na versão extendida de As Duas Torres, o Velho Salgueiro-Homem aparece, ele tenta afundar Merry e Pippin que são salvos por Bárbarvore.





E falando no velho Tom, ali perto está a casa dele. Tom Bombadil talvez seja o personagem mais misterioso de toda a história de O Senhor dos Anéis. Ele vive na Floresta Velha, mas não é um elfo, muito menos um hobbit, aparenta ser um homem, mas é muito mais que isso. Ele é um espirito da floresta, um ser muito poderoso, imune até mesmo a vontade do Um Anel. Porém ele não pode sair da floresta e como ele surgiu é um mistério, assim como sua esposa Fruta D'ouro.


Seguindo da casa de Tom Bombadil e indo para o norte, chegamos na Colina dos Túmulos, um caminho muito perigoso. Aqui é o local de descanso de um reino antigo Dunedáin, chamado Cardolan. Mas o descanso não reina aqui, pois o Rei-Bruxo de Angmar mandou criaturas tumulares para atacar o antigo reino, e essas criaturas ainda vagam pelas Colinas. Aqui, os hobbits foram capturados por uma criatura tumular e colocado em um feitiço de sono, no qual todos menos Frodo caiu. Com isso ele conseguiu chamar ajuda de Tom e se livrar da criatura e do feitiço. Quando acordaram e olharam ao redor viram que haviam dezenas de tesouros dunedáin aos seus pés, um desses tesouros é uma poderosa adaga na qual Merry pega para si. Mesma adaga que mais para frente derruba o Rei-Bruxo em Pelenor. Após esse susto e serem guiados por Tom até a saída da Colina, os hobbits finalmente estavam próximos de Bree.


Bree é uma cidade muito antiga, que existe desde da época do Reino de Cardolan, e sobreviveu a queda do reino. É a maior cidade dos homens no oeste, e não responde a nenhum reino, tendo um líder próprio. Lá esta localizada a conhecida Taverna do Pônei saltitante, onde importantes conversas aconteceram. Foi onde Gandalf encontrou Thorin e começou a jornada para Erebor, e onde os hobbits conheceram Aragorn.


E é isso! O que estão achando desse tour?

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Contador